2 de outubro de 2010

Comitê Rio 2016 - Um ano de vitória! - por Rio 2016

 A decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) foi anunciada em Copenhague, na Dinamarca, no dia 2 de outubro de 2009, durante a 121ª Assembléia da entidade. Na disputa, o Rio superou Chicago (Estados Unidos), Madri (Espanha) e Tóquio (Japão).

A festa de milhares de pessoas na Praia de Copacabana simbolizou a alegria que tomou conta de todo o Brasil. Mas a comemoração do Comitê Rio 2016 deu lugar a muito trabalho menos de 24 horas depois do anúncio do COI. Afinal, a caminhada até os Jogos Olímpicos Rio 2016 estava apenas começando.

Ainda em Copenhague, o Rio 2016 fez suas primeiras reuniões com o COI. Na volta ao Rio de Janeiro, foi possível sentir a satisfação dos brasileiros com a histórica conquista e, no dia 6 de outubro, a bandeira olímpica já tremulava na sede da Prefeitura.

No fim de outubro de 2009, o COI esteve pela primeira vez no Rio de Janeiro para realizar o Seminário de Orientação e discutir os desafios e as operações de organização dos Jogos Olímpicos com os três níveis de governo e o Comitê Rio 2016. Durante o evento, o diretor de Jogos Olímpicos do COI, Gilbert Felli, afirmou que o Rio foi a cidade que mais rápido começou o trabalho de organização dos Jogos.

Para encerrar um ano tão especial, outro momento de celebração. Na festa do Prêmio Brasil Olímpico, que teve a conquista dos Jogos Rio 2016 como tema principal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um emocionado discurso lembrando o trabalho unido e profissional realizado durante a fase de candidatura. E os brasileiros mais uma vez mostraram sua empolgação com a chance de receber o maior evento esportivo do planeta: segundo uma pesquisa do Datafolha, os brasileiros apontaram a escolha do Rio como sede dos Jogos Olímpicos como a melhor notícia de 2009.

O ano de 2010 começou com a visita da presidente da Comissão de Coordenação do COI para os Jogos Rio 2016, Nawal El Moutawakel, e do diretor Geral, Gilbert Felli. Durante três dias de janeiro, foram realizadas reuniões com os governos, visita às instalações olímpicas e a unidades da Polícia Pacificadora. A Comissão completa, com seus 18 integrantes, esteve no Rio em maio.

Enquanto o planejamento dos Jogos Olímpicos Rio 2016 avançava, o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 era estruturado. Em fevereiro, foi apresentado o organograma inicial de trabalho e, em março, o estatuto da nova entidade foi aprovado pelo COI e, por unanimidade, pelas Confederações Esportivas Olímpicas.

Durante estes primeiros 12 meses, uma das maiores preocupações do Comitê Rio 2016 foi trocar ideias e experiências com os organizadores de outros grandes eventos esportivos. Por isso, a agenda incluiu visitas ao Comitê Londres 2012 e a participação no Programas de Observadores e no Debriefing dos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver 2010.

A parceria com o Comitê Olímpico Internacional foi constante. Além das visitas da Comissão de Coordenação, técnicos e representantes da entidade estiveram regularmente no Rio. Além disso, foram realizadas diversas conferências e reuniões à distância. Em fevereiro, durante os Jogos de Inverno de Vancouver, o Rio 2016 apresentou seu primeiro Relatório de Progresso. Quatro meses depois, um relatório atualizado foi entregue ao Comitê Executivo do COI, em Lausanne. Em setembro, representantes da entidade estiveram no Rio para a primeira reunião de acompanhamento do projeto olímpico.

Os Jogos Paraolímpicos também estiveram em foco, com a realização do Seminário de Orientação do Comitê Paraolímpico Internacional. Na ocasião, o diretor-executivo do IPC, Xavier Gonzalez, ficou impressionado com o ritmo da organização do evento.

Para comemorar a contagem regressiva de seis anos para os jogos Rio 2016, o Comitê Organizador reforçou a importância de atletas e treinadores no desenvolvimento do projeto e apresentou, no dia 5 de agosto, o Conselho de Esporte. O grupo terá a missão de auxiliar, com suas experiências, a elaboração do programa esportivo e do projeto da Vila Olímpica, além de áreas como promoção e legado.

 Este também foi o ano em que os Jogos Rio 2016 ganharam sua “cara”. Em abril, foi realizado um workshop sobre marca e identidade visual do evento. No mesmo mês, começou o processo de seleção da agência que iria elaborar a marca dos Jogos Rio 2016. Em cinco meses de um processo transparente e profissional, o Comitê Rio 2016 selecionou a marca que, após ser aprovada pelo COI, será apresentada ao mundo na festa de Reveillon da Praia de Copacabana, no dia 31 de dezembro.

1 comentários:

Carl disse...

Bem completo e interesante JP
Abcos CE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger