29 de novembro de 2010

Ainda sobre imagem do Rio e segurança

Começamos no post anterior uma breve análise sobre a nova abordagem que a imprensa internacional começa a dar para o tema da segurança pública no Rio. Tenho olhado os principais veículos dos principais mercados emissores de visitantes para o Rio e vejo a mudança de qualidade na abordagem.
É claro que os fatos sobre a retomada das favelas, a invasão da polícia são mencionadas, mas a ênfase no tema do combate aos territórios antes em poder dos traficantes, o apoio da população, a união de esforços dos diversos níveis de governo são destaque das matérias.
Sabemos que ainda muitos embates serão travados, e que o tema voltará à mídia internacional em diversos momentos, mas aproveitar a oportunidade para mostrar ao mundo as mudanças é essencial para começar a melhorar a forma como o tema da segurança é percebido pelo estrangeiros.
A opinião dos visitantes de outros países sobre o Brasil é muito positiva, a vontade de voltar está em mais de 93% dos visitantes; cerca de 90% dizem que indicariam o Brasil a amigos e parentes. O Rio de Janeiro tem sua imagem diretamente associada à do país. Além dos desafios de melhoria de serviços e produtos, a competitividade de nosso país passa também pelo tema da segurança pública.
Vejam algumas manchetes sobre o tema:

- New York Times - Estados Unidos
Força de ocupação brasileira clama vitória tomando quartel-general de bandidos


- Financial Times - Inglaterra
Forças de Segurança ganham controle de favelas

- El País - Espanha
Forças de segurança tomam o bastião dos narcos no Rio

- La Tercera - Chile
Com tanques, polícia brasileira expulsa traficantes de drogas de favela do Rio de Janeiro 

- El Observador
A liberdade volta à favela (CAPA)Um golpe de autoridade: Agora, a responsabilidade do governo brasileiro será desmontar – não com armas, mas sim políticas de inclusão – as desigualdades que fizeram a criminalidade crescer, o que fará a liberdade nas favelas ser permanente`, diz o jornal.


1 comentários:

Jeanine Pires disse...

Adam Carter escreveu: "From the perspective of a consumer of media in the US (me!) I can tell you that - thankfully - the coverage of the events in Rio has been moderate, generally positive and most important, NOT sensationalized. This is in contrast to coverage in the Brazilian press which was (understandably) much more emotional and near-apocalyptic at times, early in the week. So this is good news: cool, calm coverage, stressing the positive side of what is occurring. Now, here is the challenge: Brazil - and Rio especially - needs to follow-up with strong and effective promotion in the US market. Now, more than ever, is the time! And that is what we at BTOA (Brazil Tour Operators Association) are trying to do, working with Embratur and Riotur. Wish us good luck, and we are looking for any helpful "parceiros" in this mission!"

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger