19 de janeiro de 2011

Brasil convida empresas italianas a investirem no mundial de futebol e nas Olimpíadas, Il Sole 24 Ore, Itália



Cerca de 210 empresários italianos estiveram presentes na apresentação feita pelo Brasil sobre oportunidades de negócio com a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, informa reportagem do Il Sole, que repercute o evento com um de seus organizadores italianos, o presidente do ICE, o Instituto Nacional de Comércio Exterior, Umberto Vattani. Para ele, a iniciativa representou uma grande oportunidade para líderes empresariais de conhecer pessoalmente os responsáveis pelos projetos que o Brasil pretende implementar nas áreas de infraestrutura, equipamentos de hotelaria, segurança, contratos e bens de consumo e ter reuniões bilaterais antes da Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. ´São oportunidades que permitirão às nossas empresas intervir na realização dos dois eventos esportivos mais vistos no mundo e que darão visibilidade incomparável para o made in Italy`, afirmou. A Itália é o país europeu que tem o maior número de empresas inscritas no registro criado pelo Governo do Brasil para empresas internacionais interessadas em realizar as obras necessárias para a organização dos dois grandes eventos esportivos. Obras que não dizem respeito apenas às instalações desportivas mas também a mobilidade, tecnologia, instalações portuárias , aeroportos, hospitais e obras de engenharia. Neste registro, onde já existem mais de 150 empresas estrangeiras, a Itália não é apenas o primeiro país da UE, com 19% das inscrições - mais que a Alemanha (11%) e Espanha (7%) - mas o segundo do mundo, atrás apenas da Austrália (30%). Para o vice-presidente da Confindustria, Cesare Trevisani , ´há países como o Brasil que decidiram investir em infraestrutura e as nossas empresas estão prontas para aceitar o desafio.`

1 comentários:

Marta disse...

Acho uma oportunidade enorme para as empresas italianas de participar ativamente do processo de preparação para os dois eventos esportivos mais seguidos do mundo, que o Brasil vai sediar nos próximos anos.
Nesses dias, a mídia italiana deu grande espaço para noticiar esse encontro, em que o ministério do Eporte junto com os representantes do Estado do RJ e dos empreendedores apresentaram aos italianos os investimentos e os orçamentos.
Abs

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger